Thursday, July 02, 2009





Entretanto e entre uma surfada e outra, a vida no barco era dura...muito dura.
Surf, morfes, siesta, surf, morfes, siesta, surf....
Nas fótos, Barrote a preparar-se para vazar a maré num instante, fim de tarde clássico a contar mentiras e a virar bintangs, Zé rufo entre um almoço animal e uma surfada das boas, e os meus pés virados para o sítio certo.

6 comments:

Baleia said...

Foi mesmo uma vida dura, foi... coitados!

O q vale é q foi só um mês e meio de sofrimento... Já passou e já cá estão novamente no sossego da vida rotineira da linha.

bjs

andré said...

isto é muito bom. linkei no meu blog, não podia deixar isto passar incólume :)

Anonymous said...

epá eu pró bezerro , pás comezainas e para a siesta táva lá, mas para essas ondas só tando lá! mas o dolce far niente... hum prá proxima acordem-me!

bezerrito master

TCanhoto said...

Primo....
Que inveja..... que cores são essas nesse fim de tarde???? Fantástico!

Yara Kono said...

Isso que é vida boa!

London Alive said...

Essas cores lembram-me Fiji...