Wednesday, May 25, 2011


Estava eu a trabalhar que nem um escravo como sempre, quando entra porta adentro do meu escritório super arrumado, o mestre Lacomba com a sua última obra da prima. Uma prancha nova só para mim. É linda, cheira bem, tem um acabamento mate e tem ar de deslizar nas horas por cima daquelas coisas azuis esverdeadas maravilhosas feitas de água salgada que rebentam num sítio que eu cá sei. uuuh uhhhhh!

8 comments:

pas said...

bora lá colocar essa cena na agua!!

Anonymous said...

Tem que levar um corolo do belo, mal penetre na Santa Terrinha.

amaral said...

...e comquilhas???

zamotanaiv said...

Espero que as ondas não estejam como a tua oficina!

zamotanaiv said...
This comment has been removed by the author.
Anonymous said...

o meu querido Lacomba faz pranchas que são um ESPETACULO!!!!!está Linda!! BEIJUS ÍRIS

ZéBarros said...

A proxima e minha Lacs!!!

João Catarino said...

O que está ali encostado à parede é mais pequeno que o imac,pelo menos que tenho um palmo de espessura!